CIPA – O que é?

Tempo de leitura: 6 minutos

Olá tudo bem? Em algum momento você já ficou na dúvida em saber o que é CIPA, para que serve e como deve-se gerenciar esse processo.Portanto, neste material vamos abordar todos os aspectos essenciais deste assunto.

Mas afinal, o que é CIPA?

Vamos começar entendendo o que significa essa sigla; CIPA quer dizer: Comissão Interna de Prevenção de Acidentes. Pronto! Mas se resume apenas nesse conceito? Não.

A CIPA é um processo de suma importância dentro das empresas que têm como objetivo principal auxiliar na prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho. Além disso e de vários outros aspectos, possui a responsabilidade de conciliar a rotina de trabalho dentro da empresa com a política de preservação da vida e saúde. Identificar e mapear riscos são também algumas das atribuições dos representantes dessa comissão interna de prevenção de acidentes. Sua execução conta com o auxílio do SESMT – Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho.

As ações preventivas desenvolvidas são de extrema importância tanto para a empresa como para o seus empregados. Ou seja,funcionários e representantes de diferentes setores da empresa devem trabalhar juntos em prol da prevenção de acidentes de trabalho. O integrante da CIPA deve-se atentar em manter sempre as seguintes medidas de prevenção ativas:

  • observar e relatar possíveis condições de riscos dentro da empresa;
  • caso sejam identificados riscos, deve solicitar medidas para eliminar ou reduzir esses riscos na empresa;
  • solicitar medidas preventivas, também, para possíveis acidentes de trabalho e discutir tais fatos;
  • promover e orientar os trabalhadores da importância de tais ações preventivas contra acidentes no ambiente de trabalho.

Sabe-se que a CIPA surgiu…

No início do século XX onde a Organização Internacional do Trabalho – OIT definiu que: todas as empresas que possuem mais de 100 funcionários, devem criar e organizar uma comissão interna que será responsável por promover ações voltadas para a importância da segurança do trabalho dentro da empresa.Além de fortalecer a relação dos funcionários com o seu ambiente de trabalho.

Seu surgimento no Brasil, principalmente, não ocorreu apenas devido à determinação da OIT mas foi também um surgimento decorrente da necessidade que alguns donos de empresas viram de promover mais eventos e ações voltadas para a prevenção de acidentes de trabalho.

Qual o objetivo e atribuições deste serviço?

Tem como objetivo principal promover a política de saúde e segurança dos trabalhadores dentro da empresa durante o exercício de suas funções. Dentro dessa promoção da saúde e segurança dos trabalhadores dentro da empresa, está também o objetivo de prevenir acidentes e doenças provenientes do trabalho ou função exercida.

Observar e expor as condições de riscos nos ambientes de trabalho; solicitar medidas para diminuir e extinguir os riscos existentes ou até mesmo neutralizá-los; debater os acidentes ocorridos;são algumas das medidas que devem ser adotadas para prevenir acidentes e ainda, guiar os demais trabalhadores quanto à prevenção de futuros acidentes dentro da empresa. Algumas de suas atribuições como:

  • Promoção de campanhas educativas sobre temas como alcoolismo, assédio moral e sexual, doenças em geral, etc;
  • Estudo do ambiente de trabalho e promoção da resolução de problemas que possam ocasionar acidentes de trabalho;
  • Realização de cursos, palestras e demais atividades que alertem os funcionários sobre acidentes e prevenção dos mesmos;
  • Produção de materiais informativos para serem veiculados dentro da empresa, com  dicas, comunicados etc.

São ações que junto ao objetivo principal da CIPA, reforçam ainda mais a importância de se trabalhar a prevenção de acidentes dentro das empresas. O grande desafio é manter o equilíbrio de um padrão de qualidade de trabalho dentro da empresa, alinhado de forma constante com essa política de preservação da saúde e segurança do trabalhador.E assim, ter base para poder elaborar um treinamento de CIPA de qualidade.

É importante lembrar que…

A CIPA é um serviço regulamentado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) através da norma regulamentadora de nº05, aprovada pela portaria nº 3.214 de 08 de Junho de 1978 e atualizada pela portaria SIT nº 247, de 12 de Julho de 2011.

É um serviço que pode ser constituído ou formado por estabelecimento e ser praticado em empresas privadas, públicas, sociedades de economia mista, órgãos da administração direta e indireta, instituições beneficentes, associações recreativas, cooperativas, bem como outras instituições que admitam trabalhadores como empregados de acordo com a CLT – Consolidação das Lei do Trabalho.

É  um serviço importante porque…

Além de promover a política de saúde e segurança dos trabalhadores, a CIPA busca tornar o ambiente de trabalho dentro da empresa, de fato, mais seguro e saudável tanto para empregado como para o empregador.

Tal conjunto de normas e medidas que visam prevenir internamente acidentes dentro da empresa, não buscam apenas atender os requisitos solicitados pela NR-5 (norma regulamentadora), mas principalmente objetivam agregar valores e gerar êxitos para a empresa nos mais diversos sentidos.

Aumento da produtividade, diminuição de custos, aumento da motivação por parte dos funcionários e redução dos índices de acidentes e doenças relacionados ao trabalho. Esses são alguns dos resultados positivos gerados pela CIPA que a faz ser importante para qualquer empresa.

Podemos assim, concluir que…

Depois de passearmos por vários pontos importantes  e saber o que é a CIPA e suas funções e atribuições dentro de uma empresa, podemos observar que é uma das importantes ferramentas de prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho.

Como mencionamos lá no inicio do material,  o grande desafio é manter o equilíbrio de um padrão de qualidade de trabalho dentro da empresa, alinhado de forma constante com essa política de preservação da saúde e segurança do trabalhador no seu ambiente de trabalho. Mas não só isso, como também manter em prática a idéia de que empregador e funcionários trabalhando em conjunto na tarefa de prevenir acidentes e melhorar a qualidade do ambiente de trabalho, é o melhor caminho para ambos os lados.

Por fim, a CIPA é um dos braços mais importantes da Segurança do Trabalho. Quem tem uma comissão atuante dentro da sua empresa já tem praticamente a garantia de conseguir alcançar  o objetivo de ter um ambiente de trabalho mais seguro.

Quer saber mais sobre este e outros assuntos?

Entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.